Imprimir esta página

Dica Cultural

A Última Hora mostra que o futuro está em nossas mãos

A Última Hora mostra que o futuro está em nossas mãos

No dia em que comemoramos o Dia da Terra, trouxemos uma dica cultural para conscientizar sobre como os atos do homem estão afetando o nosso planeta.

O tempo está passando e o relógio não para, A Última Hora mostra justamente o que seria nossa última hora antes de mudar o rumo dos acontecimentos e salvar a Terra.

Abordando a Revolução Industrial, o capitalismo e o consumismo desenfreado, o documentário mostra como nosso modo de vida nos levou ao ponto em que chegamos, onde a humanidade está esgotando as fontes de matérias-primas, destruindo a si mesma com seus próprios atos e ainda aumentando o risco de futuras outras catástrofes.

Reunindo entrevistas com cientistas, pensadores e líderes mundiais, como Stephen Hawking, o ex-presidente soviético Mikhail Gorbachev e diversas autoridades em projetos de sustentabilidade, o filme ainda traz imagens chocantes de uma série de acontecimentos pelo mundo e gráficos. Tudo para nos fazer pensar no destino do nosso planeta.

Produzido e narrado por Leonardo DiCaprio, o documentário é um alerta sobre o futuro do planeta e questiona: o que podemos fazer para mudar e melhorar? O tom é alarmista, mas um filme com essa temática pode e deve ser. Talvez só com esse tom de urgência, as pessoas consigam acordar e perceber que algo precisa ser feito. A intenção não é assustar, mas sim abrir nossos olhos e até mesmo dar um pouco de esperança, mostrando que, sim, ainda há tempo para mudar, para aumentarmos nosso senso de coletividade e pensarmos nas futuras gerações.

A Última Hora é um daqueles filmes que precisam ser visto por todos, distribuído em escolas e universidades. É um filme feito para informar e o faz muito bem.

A Última Hora (The 11th Hour, 2007, EUA) dirigido por Nadia Conners e Leila Conners Petersen, com Stephen Hawking, Michael Lerner, Stephen Schneider, Steven Strong, Kenny Ausubel, Leonardo DiCaprio.

 

 3631
(0 votos)