Notícias

Prefeito visita novas instalações da UBS e do CAPS III Infantojuvenil 24 Horas no Heliópolis

Prefeito visita novas instalações da UBS e do CAPS III Infantojuvenil 24 Horas no Heliópolis

Serviços estão localizados no Espaço de Saúde Heliópolis, que ainda dispõe do CAPS Álcool e Drogas III e do Hotel Social Heliópolis 

O prefeito Bruno Covas e o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, visitaram nesta sexta-feira (26), as novas instalações da Unidade Básica de Saúde e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Infantojuvenil III 24 horas, na avenida Almirante Delamare, 3033, no bairro de Heliópolis, Zona Sul da capital.

Os dois equipamentos de saúde integram o Espaço de Saúde Heliópolis, onde já funcionam o CAPS Álcool e Drogas III e o Hotel Social Heliópolis, abrangendo uma população de cerca de 12 mil habitantes, dos bairros Cidade Nova Heliópolis, Vila Carioca e Vila Independência. Todos os equipamentos do complexo são gerenciados em parceria com a OSS Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM).

Para a implantação dos 4 equipamentos, houve um investimento de R$ 2,1 milhões em recursos da municipalidade, destinados à reforma e adequação dos prédios.

"A implantação desses dois novos equipamentos contribui com o fortalecimento de uma rede que sempre buscou garantir o cuidado de usuários em situação de vulnerabilidade social em serviços abertos, com acesso à saúde e atendimento humanizado", diz o secretário da Saúde.

UBS Heliópolis

A UBS foi implantada em um imóvel onde funcionava uma Unidade de Atendimento ao Dependente (UNAD). Com a reforma, os dois pavimentos passaram a oferecer cinco consultórios médicos, um consultório odontológico, farmácia (com dispensação de psicotrópicos), sala de acolhimento, de imunização, de curativo, de medicação e de coleta, além de duas salas de esterilização/expurgo e sala para agente comunitário de saúde.

A UBS funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, no modelo de atendimento Estratégia Saúde da Família, com três equipes que realizam cadastramento domiciliar dos usuários, diagnósticos e ações destinadas a mitigar os problemas de saúde do território, com parceria da comunidade, de acordo com as diretrizes da Atenção Básica.

A equipe de profissionais da unidade é composta por um gerente, três médicos generalistas, três enfermeiros generalistas, seis auxiliares de enfermagem, 15 agentes comunitários de saúde (ACS), seis auxiliares administrativos, um agente de promoção ambiental (APA), um dentista e dois auxiliares de Saúde Bucal.

Desde o início das atividades, a unidade já cadastrou 5.650 usuários no Programa Saúde da Família, mas a previsão é que nos próximos meses as equipes atinjam a meta de cerca de 7.500 pessoas cadastradas. A unidade trabalha com os Programas Mãe Paulistana, Oxigenoterapia Domiciliar Prolongada (ODP), Remédio em Casa, Automonitoramento glicêmico e Insumos para incontinência urinária. Em setembro, a unidade totalizou 4.175 atendimentos entre consultas médicas, odontológicas, de enfermagem e outros procedimentos.

CAPS Infantojuvenil

Situado estrategicamente nas proximidades de uma comunidade que apresenta vulnerabilidade social, o CAPS Infantojuvenil III Heliópolis 24 horas é o quarto da modalidade do município. A unidade também recebeu reforma na estrutura física para se adequar às necessidades de um equipamento sociocomunitário. Com a obra, o espaço passou a oferecer recepção, dois consultórios/sala de acolhimento; sala de espera, de convivência social, de enfermagem, seis leitos, dois banheiros para funcionários, dois banheiros para usuários, banheiro para pessoa com deficiência, cozinha/refeitório e salas de atividades terapêuticas.

Com funcionamento 24 horas, incluindo sábados, domingos e feriados, a unidade presta atendimento a crianças, adolescentes e jovens que apresentam algum tipo de sofrimento psíquico, inclusive aqueles em decorrência do uso abusivo e prejudicial de álcool e/ou outras drogas, com indicação de cuidados intensivos, acompanhamento clínico e reinserção social pelo acesso a educação, trabalho, rede social e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. A capacidade de atendimento do CAPS IJ III é de 250 pessoas/mês, mas desde o início das atividades a unidade já atende 74 usuários ativos.

O acesso ao serviço do CAPS acontece via demanda espontânea ou por meio de encaminhamentos da rede municipal de saúde. O atendimento no CAPS IJ III busca oferecer intervenção contínua, intensiva, em constante articulação com a rede territorial de proteção à infância e à adolescência, em momentos em que exposição a situações de vulnerabilidade, crise psíquica ou impasses no desenvolvimento exija recursos de apoio, cuidado e proteção em tempo integral.

Para garantir a assistência integral, o CAPS IJIII oferece acolhimento com plantão técnico e avaliação das necessidades de saúde de cada usuário, de modo a incluí-lo em programa de atenção diária ou encaminhá-lo de forma qualificada para outros serviços da rede que sejam mais adequados à situação do momento. O destaque é o projeto terapêutico singular (PTS) que pode abranger diversas modalidades terapêuticas como atendimento individual, vincular, familiar, em grupo, com abordagens em psicoterapia, oficinas, arte-terapia, grupos terapêuticos e outros.

Esse trabalho é realizado por uma equipe multidisciplinar formada por dois psiquiatras, um pediatra, dois psicólogos, oito enfermeiros, dois assistentes sociais, três terapeutas ocupacionais, sete auxiliares de enfermagem, dois auxiliares administrativos, dois assistentes administrativos, um gerente, três auxiliares técnicos, um educador físico e dois fonoaudiólogos.

Fonte: capital.sp.gov.br

 157
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032