Imprimir esta página

Notícias

AME Idoso Sudeste é premiado em XIX Congresso Brasileiro de Qualidade em Serviços de Saúde

AME Idoso Sudeste é premiado em XIX Congresso Brasileiro de Qualidade em Serviços de Saúde

O Ambulatório Médico de Especialidades (AME) do Idoso Sudeste, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, foi premiado no XIX Congresso Brasileiro de Qualidade em Serviços de Saúde.

O evento, que aconteceu no final de novembro em São Paulo, abordou temas como ética em saúde, na atividade médica, na área de enfermagem e corporativa, gestão de mudança de comportamental, assim como a cultura do compliance e questões regulatórias na assistência à saúde, entre outros.

O AME Idoso enviou dois trabalhos que foram apresentados em forma de pôsteres, sendo eles “Rastreio de Doenças Cardiovasculares e Dislipidemias em Idosos”, que recebeu o 1º lugar, e “Elaboração da Campanha de Prevenção de Doenças Cardiovasculares e Dislipidemias”, que ficou em 5º lugar com menção honrosa.

O trabalho apresentado foi a estratégia elaborada para uma campanha de prevenção de doenças cardíacas, uma das maiores causas de mortalidade e complicações de saúde entre a população mundial.

O formato da campanha, ocorrida no mês de setembro, foi baseado em três estações de atendimento: avaliação clínica, atividade física e alimentação saudável. Na estação clínica, a equipe de enfermagem aferiu pressão arterial, frequência cardíaca, circunferência abdominal, peso, estatura, glicemia capilar e colesterol capilar. Além disso, houve consulta médica com avaliação de fatores de risco e orientações. Nas estações de alimentação saudável e atividade física, foi realizada abordagem em grupo com orientações. Ao serem avaliados pelas nutricionistas, por exemplo, os pacientes participaram de uma dinâmica onde montavam um prato com imãs de geladeira representando os alimentos.

Foram atendidos 90 pacientes, de 96 agendamentos, em 12 grupos. As agendas de atendimento funcionaram em sistema de rodízio entre as três estações. Participaram dos atendimentos médicos, a equipe de enfermagem, fisioterapeutas e nutricionistas.

“A campanha nos deu a oportunidade de identificar idosos com fatores de risco, orientá-los e encaminhá-los para abordagens adequadas. Foi o resultado de um trabalho interdisciplinar com resultados importantes para a saúde do paciente”, explica Joana Santos, Coordenadora de Enfermagem da unidade.

 1139
(1 Votar)