Banner Doacao

Notícias

HMB realiza evento para celebrar o Dia Mundial do Rim

HMB realiza evento para celebrar o Dia Mundial do Rim

Nutrição e acolhimento psicológico para o paciente renal foram alguns dos temas abordados 

Nesta quinta-feira (5/3), o Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB), unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, promoveu uma manhã de palestras para pacientes, familiares e profissionais da saúde a fim de expôr o tema “Saúde dos rins para todos. Ame seus rins. Dose sua creatinina”, proposto pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN) para o Dia Mundial do Rim. 

A equipe multidisciplinar do Centro de Hemodiálise do HMB desmembrou o assunto para que cada área explicasse sua atuação e importância nos cuidados com os rins. A abertura foi realizada por Agostinho Filgueira, coordenador de nefrologia, que destacou as funções dos rins para eliminar as toxinas do sangue, regular a formação do sangue e dos ossos, controlar a pressão sanguínea e do balanço químico e de líquidos do organismo. Também teve destaque a indicação da dosagem de creatinina, substância presente no sangue, filtrada nos rins e desprezada na urina, para pessoas com mais de 50 anos que apresentam histórico familiar de doença renal ou tenham infecção urinária, diabéticos, hipertensos e obesos. “A dosagem dessa substância é uma forma de avaliar as funções dos rins, pois níveis acima do limite considerado normal pode indicar doença renal”, esclarece o nefrologista. 

As informações técnicas sobre o Centro de Hemodiálise como modalidades de tratamento, horário de funcionamento, capacidade de atendimento, sistema de tratamento da água e especificidades de materiais foram explanadas pelo enfermeiro Genilvado Santos. Além disso, o enfermeiro também passou algumas orientações para preservar a função renal. “Praticar exercícios regulares, controlar o peso corporal e a pressão arterial, não fumar, não abusar de bebidas alcoólicas, evitar uso de anti-inflamatórios não-hormonais, cuidar dos quadros de desidratação e realizar exames laboratoriais para avaliar a saúde dos rins pelo menos uma vez ao ano são atitudes básicas para manter os rins saudáveis”, ressalta Santos. 

A terceira palestra foi apresentada pela nutricionista Sarah Franca para abordar a influência da alimentação em condições que são consideradas fatores de risco e desencadeadoras das complicações renais. “A doença renal crônica é só a ponta de um iceberg, por baixo existe obesidade, diabetes, hipertensão e até doenças cardiovasculares”, comenta Franca, que destaca como a redução de sódio, açúcares e carboidratos impacta diretamente no funcionamento dos rins. 

Na sequência, Bruna Vieira e Dariane Batista, psicólogas da unidade, explicaram que trabalham principalmente entre os pacientes e a equipe médica, já que a principal função da psicologia é proporcionar acolhimento, compreensão, aceitabilidade e assistência para todos os envolvidos. “Além do próprio paciente, os familiares também precisam entender e associar as mudanças decorrentes do tratamento como o aumento da frequência hospitalar, restrições alimentares e sentimentos de angústia ou medo”, explica Batista.

Para finalizar, a assistente social Alessandra Almeida esclareceu que o Serviço Social é essencial para fortalecer vínculos familiares e proporcionar orientação sobre questões como desemprego, condições de vida, desigualdade e acessos aos direitos e benefícios, por exemplo, de isenção do Imposto de Renda e do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), passe livre e liberação do rodízio de veículos. 

 537
(0 votos)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032