Banner Doacao

Notícias

HMB aprimora Pronto-Atendimento a pacientes com Covid-19

HMB aprimora Pronto-Atendimento a pacientes com Covid-19

Etapas de internação foram centralizadas em um único setor

O Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB), unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM - Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, aprimorou ainda mais o atendimento a casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 na unidade. Um novo setor foi montado, para que o primeiro atendimento desses pacientes seja feito de forma mais prática e concentrada. O local, que entrou em funcionamento em 7 de maio, já recebeu 134 pessoas. Anteriormente, as etapas de internação já eram feitas de maneira segura e adequada, mas eram realizadas em espaços diferentes.

No lado oposto ao Pronto-Atendimento geral do HMB, espaço destinado para receber casos de emergência ou urgência referenciados pela Central de Regulação, foi criado um Pronto-Atendimento apenas estes casos de Covid-19. “Buscamos a melhora contínua nos processos da unidade. Analisando os fluxos de atendimento e estrutura do hospital, identificamos a possibilidade de isolar ainda mais o atendimento aos pacientes com Covid-19, ao mesmo tempo em que centralizaríamos processos em um só local, melhorando e agilizando o atendimento”, esclarece Nara de Moraes, coordenadora do setor. 

Além de fácil acesso para as ambulâncias, o setor possui equipamentos para situação de emergência, como queda de saturação ou parada cardíaca, em uma área de estabilização que permite receber dez pacientes ao mesmo tempo. Também tem sala para acolhimento familiar, dependência para paramentação de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) e recepção. “Melhoramos ainda mais a admissão destes casos, que  já era feita com um plano especial de atendimento. Agora, conseguimos reunir todo o acolhimento inicial no mesmo espaço: assistir o paciente, realizar exames e receber o familiar responsável pela internação para informar as orientações iniciais médicas, administrativas e de enfermagem”, explica Paulo Tierno, que idealizou e viabilizou as adequações para instalar o Pronto-atendimento de Covid-19. 

Funcionamento:

Quando há indicação de internação, a Central de Regulação solicita a transferência para o HMB e após cessão de leito, o paciente dá entrada na unidade diretamente pelo novo PA de Covid-19. “Assim que o paciente chega, ele é admitido pelo médico, e passa por exames de sangue e de imagem. Depois da avaliação de histórico clínico, um familiar é convocado para comparecer à unidade com o propósito de assinar a internação e ficar responsável por receber o boletim médico telefônico diariamente”, comenta a coordenadora, que considera fundamental esse contato da família com a equipe médica para criar um elo logo no início do atendimento, já que as visitas estão suspensas para minimizar os riscos de contaminação.

Após essa etapa do acolhimento, o paciente é encaminhado para um leito de enfermaria ou crítico, ou seja, que dispõe de equipamentos para cuidados intensivos, em um dos setores isolados para esses casos. E todos os dias, no período vespertino, o próprio médico liga para o parente com objetivo de informar a evolução do quadro e prestar esclarecimentos sobre o tratamento.

Vale lembrar que, se surgirem dúvidas depois da conversa, o familiar pode ligar para o telefone (011) 2575-3314, número específico de atendimento das famílias de pacientes com Covid-19. As perguntas serão anotadas por um funcionário e repassadas para equipe médica, para que, na próxima ligação, todas as indagações sejam elucidadas.

 

 126
(0 votos)