Imprimir esta página

Notícias

Tratamentos fisioterapêuticos nas policlínicas de Fortaleza

Tratamentos fisioterapêuticos nas policlínicas de Fortaleza

No primeiro trimestre, 43.199 atendimentos fisioterápicos e de reabilitação foram realizados na Rede Municipal, gerenciada pela SPDM/PAIS.

Em Fortaleza (CE) as policlínicas concentram grande parte dos procedimentos fisioterapêuticos ofertados pela rede municipal. Do total de atendimentos realizados na capital no primeiro trimestre , as policlínicas somaram 12.976 atendimentos nas quatro unidades municipais: João Pompeu Lopes Randal (Jangurussu); Dr. Lusmar Veras Rodrigues (Jóquei Clube); Dr. Luiz Carlos Fontenele (Passaré) e Dr. José Eloy da Costa Filho (Bonsucesso).

“A fisioterapia ajudou muito. Eu não conseguia me movimentar, doía muito e agora eu já faço certos tipos de movimentos e não dói. Até para trocar a roupa eu precisava de ajuda das minhas netas. Passou pela minha cabeça que eu não ia conseguir, mas graças a Deus e com a ajuda dos fisioterapeutas já consigo fazer todos os exercícios”, afirma Maria Auxiliadora Santiago, em tratamento há dois meses na Policlínica localizada no bairro Bonsucesso.

Fisioterapia preventiva

De acordo com a fisioterapeuta Talita Leitão, que atua na Policlínica Dr. Lusmar Veras Rodrigues, a fisioterapia também tem um papel relevante na prevenção de doenças e evolução de quadros clínicos.“A fisioterapia tem papel tanto preventivo quanto curativo. Por muitas vezes, as pessoas procuram a fisioterapia quando estão com alguma sequela ou com algum comprometimento mais sério, mas, na verdade, ela também pode atuar na prevenção e na evolução de sequelas de acometimentos ou uma doença neurológica, por exemplo”, afirma a profissional.

 232
(0 votos)