Notícias sobre saúde

Pessoas com depressão e transtornos afetivos são maioria em ambulatório de saúde mental

Pessoas com depressão e transtornos afetivos  são maioria em ambulatório de saúde mental

Levantamento realizado pelo Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Psiquiatria, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), na Vila Maria, zona norte da capital paulista, aponta que 52% dos pacientes atendidos no local possuem transtornos afetivos, principalmente depressão.

Quase 15 mil pessoas foram atendidas no AME desde sua inauguração, em agosto de 2010. Entre os idosos atendidos na unidade a depressão é o principal diagnóstico, respondendo por 38% dos casos.

O ambulatório oferece cinco linhas de cuidado. Além dos transtornos afetivos, psiquiatria geriátrica (que corresponde a 17% dos casos), psiquiatria da infância e adolescência (12%), transtornos psicóticos e esquizofrenia (11%) e transtornos ligados ao uso de álcool e outras drogas (8%) são as outras linhas atendidas pelo AME.

Segundo a psiquiatra Denise Amino, diretora do serviço, o número de atendimentos poderia ser ainda maior. "Ainda existe preconceito em buscar atendimento psicológico ou psiquiátrico. Com isso, uma situação que poderia ser controlada pode se agravar cada vez mais. No caso da depressão, outro problema é a dificuldade da pessoa identificar os sintomas, que geralmente são confundidos com sentimentos corriqueiros, como desânimo e tristeza", afirma.

Uma das principais formas de identificar a depressão é quando sentimentos negativos deixam de ser passageiros e começam a afetar de forma negativa a vida da pessoa em diversas áreas, seja no trabalho, sono, aspecto físico ou em suas relações pessoais.

"Sabemos que muitas vezes as pessoas sofrem em silêncio, mas isso não é necessário. A evolução do quadro pode ser grave, mas quando tratado, pode evitar situações extremas como o suicídio. Por isso recomendamos que em caso de suspeita procure ajuda especializada o quanto antes", afirma Denise. 

AME Psiquiatria

Localizado na região de Vila Maria, em São Paulo, no AME Psiquiatria oferece atendimentos psicológico, psiquiátrico, de terapia ocupacional, enfermagem e serviço social, para pacientes com encaminhamento. A equipe do ambulatório utiliza o modelo de Gerenciamento de Caso Eletrônico, que permite um acompanhamento mais eficaz dos pacientes. Com isso, a adesão ao tratamento chegou, em média, a 80% em 2013. Segundo a literatura médica, a adesão a tratamentos similares aos oferecidos no AME é de 60%. Mensalmente, são realizados 6.200 atendimentos no local.