Notícias sobre saúde

CRATOD 15 anos - Uma proposta de cuidado ao Dependente Químico

capa cratod 15 anos webOs problemas relacionados ao consumo de drogas na atualidade adquiriram proporções de epidemia e se fazem presentes em diversos contextos da vida dos brasileiros – pais dependentes de calmantes, jovens que utilizam bebidas alcoólicas em excesso nas baladas, motoristas que compensam o seu trabalho extenuante consumindo derivados anfetamínicos, alunos do ensino médio e superior que fumam maconha, usuários de álcool e cocaína gravemente dependentes, muitos deles vivendo pelas ruas longe da família, destituídos de trabalho e de dignidade social.

Dentre todas essas substâncias, o crack, um produto a base de cocaína para ser fumado, adquiriu relevância de epidemia no Brasil, especialmente nos últimos 15 anos, quando o seu consumo aumentou e se disseminou pelo país, a ponto de o Brasil ser considerado, no momento, o maior consumidor dessa droga, mundialmente. Boa parte dos usuários de crack consome essa droga em “cenas abertas de uso”, chamadas coloquialmente de “cracolândias”. Outras epidemias acontecem ali dentro: um terço das mulheres frequentadoras tem sífilis; a prevalência de Aids e de hepatites é cerca de 10 vezes maior do que na população geral, há pacientes com tuberculose, infestações de piolhos e pulgas, além da desnutrição, dos ferimentos e da violência – emocional, física e sexual – que atinge principalmente as mulheres. 

Para continar lendo acesse os links abaixo:

leronline pdf epub mobi

 2397
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032