Notícias sobre saúde

Como transformar os alimentos em aliados na prevenção do câncer

Como transformar os alimentos em aliados na prevenção do câncer

A recomendação é consumir 400g de frutas e legumes por dia

Como o Dia Mundial da Alimentação (16/10) é comemorado no mês de combate ao câncer de mama, o Hospital Municipal de Barueri, unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, dá dicas de como os alimentos podem auxiliar na prevenção e no tratamento do câncer.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a alimentação tem sido associada com o desenvolvimento de alguns tipos de câncer, como é o caso do câncer de mama. A alimentação e a nutrição inadequadas são classificadas como a segunda causa de câncer que pode ser prevenida e são responsáveis por até 20% dos casos nos países em desenvolvimento, como o Brasil.

Ainda com base nos dados do INCA, a alimentação saudável com frutas, legumes, verduras, cereais integrais, castanhas e feijões, e sem alimentos ultraprocessados, pode prevenir de 3 a 4 milhões de casos novos de câncer a cada ano no mundo. Além da prevenção, a alimentação adequada também é importante durante o tratamento da doença.

“Um paciente adequadamente nutrido apresenta melhores condições de saúde para realizar o tratamento de câncer”, explica Ricardo da Fonseca, oncologista do HMB, que alerta para a importância de uma dieta periódica, variada e regular para os pacientes oncológicos. A recomendação do INCA é que todas as pessoas consumam por dia cinco porções de 80g, ou seja, 400g de vegetais, sendo duas porções de frutas e três de verduras e legumes sem amido.

É importante esclarecer que do mesmo jeito que não há um alimento milagroso para curar o câncer, não existe um alimento que cause a doença. O que acontece é que frutas, verduras e legumes ajudam a proteger o organismo e opções gordurosas, processadas, salgadas e enlatadas aumentam o risco de desenvolvimento.

Além da alimentação saudável com pouca gordura, a Sociedade Brasileira de Mastologia aponta outras medidas que podem ajudar na prevenção do câncer de mama, por exemplo: amamentar, não abusar de bebidas alcoólicas e praticar atividades físicas.

 377
(1 Votar)
   
   

logo IBROSS
  Filiada ao Instituto Brasileiro das
  Organizações Sociais de Saúde (IBROSS)

Contato | Newsletter

Rua Dr. Diogo de Faria, 1036 | Vila Clementino
Cep: 04037-003 | Telefone: (11) 5549-7032